fbpx

Como fazer a conciliação bancária de modo correto? Veja aqui!

A conciliação bancária se refere ao comparativo entre o controle financeiro interno da empresa com o extrato bancário. É por meio desse exercício que o gestor consegue conferir todas as movimentações que foram feitas e os registros produzidos pela instituição financeira que presta serviço. Essa prática é fundamental, pois permite identificar possíveis divergências nos resultados obtidos.

Embora traga características particulares de acordo com cada empresa, a conciliação bancária é parte integrante da gestão financeira dos negócios. Logo, fazer o monitoramento das vendas feitas por meio de boletos, cartões de crédito e cheques é fundamental para detectar possíveis fraudes e inconsistências não percebidas.

Nesse contexto, abordaremos neste texto como fazer a conciliação bancária corretamente. Acompanhe!

Como usar a conciliação bancária a seu favor?

Estabeleça uma rotina

Estabelecer rotina é o primeiro passo para manter todos os balanços atualizados. Isso pode ser feito por meio de planilhas eletrônicas ou um software especializado. A frequência de registros de faturamento pode ser semanal, mensal ou semestral. Porém, isso varia de acordo com o volume de movimentações feitas dentro do empreendimento. No entanto, quanto mais rigoroso e constante, melhor será o alcance de um controle efetivo.

Confira lançamentos

Para não correr o risco de perder dinheiro, é primordial conferir todos os lançamentos feitos e/ou programados. Isso permite saber se as datas das movimentações coincidem e qual deve ser o saldo disponível após a operação efetuada. Caso ocorra alguma diferença, busque identificar a origem do erro para poder resolvê-lo o mais rápido possível. Essa velocidade na tomada de decisão viabiliza maior organização.

Quais os principais benefícios de fazer a conciliação bancária corretamente?

Melhor previsibilidade

É sempre necessário ter rapidez e segurança nos dados e informações corporativas. Muitas empresas perdem muito por não terem seus lançamentos registrados para acompanhamento e consultas futuras. Sendo assim, mediante a conciliação bancária é possível ter uma previsão correta dos valores futuros das contas do empreendimento.

Maior controle

Com a conciliação bancária se alcança maior controle sobre todas as movimentações, abrangendo também as que não foram inseridas nos registros contábeis. Essa solução identifica todos os lançamentos produtivos para um resultado mais imediato. Além disso, os dados podem ser distribuídos de maneira mais estratégica por área, tendo uma apresentação mais analítica e clara.

Planejamento efetivo

Para ter um balanço contábil sadio, é necessário ter uma manutenção criteriosa do orçamento. Isso envolve manter uma conciliação bancária consistente para realizar análises realistas dos negócios. Atualmente, a integralização feita com sistemas bancários viabiliza importar imediatamente extratos via internet. Essa automatização eleva a capacidade de ter um planejamento eficiente e assertivo.

Fica evidente que a conciliação bancária é um método que facilita o controle das contas e a gestão financeira. Faça um levantamento das transações do seu negócio e compare com os extratos gerados pelas contas vinculadas à sua empresa. Dessa maneira, você pode ter um panorama de controle consolidado para tomada de decisão, de modo a garantir a continuidade dos negócios.

E então, entendeu os benefícios da conciliação bancária? Então deixe sua opinião, sua dúvida ou sua história no espaço para comentários. Até breve!
 

atosdata

Esta postagem possui 0 respostas

Comentários aberto

Deixe uma resposta

Você pode usar esses atributos do HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>